Páginas

sábado, 25 de janeiro de 2014

#1 Feita de Fumaça e Osso

E com esse HTML tosco que decido voltar a fazer postagem. Bem, na verdade não foi tão simples, tentei voltar de várias maneiras, mas algo me impedia (ainda impede, mas criei coragem para levantar e tentar fazer algo que preste, não afirmo que dará certo), mas vou dar o meu máximo do momento.
 
  Para começar e me obrigar a postar aqui, me vi intrigada com tudo que havia feito em 2013 (resumindo, comi > filmes > livros > filmes > dormi > comi > livros > filmes), nada de muito importante, pensei em compartilhar as obras que consumi no meu tempo livre. O que nada mais era do que férias de um ano que me fizeram ficar louca e ainda mais preguiçosa, que conversa com cães e hamsters. Mas voltando ao assunto principal, vou fazer um #100 filmes/livros/series/animes/documentários em cem dias, ou seja, a cada dia irei postar sobre algum desses itens, a partir de hoje. aeeeeee (todo mundo feliz) lol.

  Começarei com um dos livros que mais me deixou feliz em tê-lo, tanto pela capa, quanto pelo conteúdo. Feita de Fumaça e Osso, Laini Taylor.

 Como sou uma grande fã de ficção, pelo simples fato de expansão criativa, isso me faz amar, ser louca por tal gênero e me ajuda a achar livros ótimos, com personagens extremamente diferentes e apaixonantes. Mas vamos começar logo com esse livro em questão.

 Feita de Fumaça e osso, teve o dom de me intrigar até o final, praticamente. Me vi envolvida com Karou uma estranha adolescente de cabelo azul, sem pais e digamos, sem rumo, sem um passado concreto. Até porque, sabe que desde pequena foi criada por um demônio chamado Brimstone.



  Tudo tem início na bela e fria Praga, enquanto Karou tenta livrar-se de seu ex, que vive a perseguir, mas algo está acontecendo, longe de seu conhecimento. O mercado de dentes de Brimstone não está indo lá muito bem, e isso começa a deixa-lo bastante preocupado com o futuro de não se sabe o que. E ao mesmo tempo começam a aparecer misteriosas marcas de mão, queimadas em cada porta que dá acesso a loja. Após ser convocada em uma missão fora de época, atrás de dentes, acaba por se bater com um anjo, que ela nem imagina, mas todas as respostas para suas perguntas podem estar neste misterioso cara que aparece para mata-la.

  Esse romance me atraiu como nenhum outro, não só por conter uma mulher auto suficiente, que não precisa de principezinhos para salva-la no final, e também tem seus próprios truques para ataque e saída de emergência. Karou está além disso, há dentro dela compaixão e confusão. Deve ser difícil para qualquer pessoa ser criada por alguém que nunca responde exatamente suas perguntas. Mesmo assim ela não deixa de ser como qualquer outra adolescente com desejos fúteis, irracionais, vingativos, egoístas, irrelevantes e principalmente ignorados. A diferença é que os dela se tornam reais. Ao longo do livro você vive com ela todas as conturbações de um dia ficar sozinha e sem ninguém até que, não mais que de repente, você percebe que Karou pode ser apenas uma coadjuvante que foi deixada para lá na segunda parte do livro, é meio revoltante, intrigante e não esperado. Em questões de segundos, tudo o que você imaginou nada tem em comum com o resto da história. Você é levada para vários mundos dentro de um lugar só. Uma estranheza sem fim, todas as minhas teorias foram queimadas junto as portas para o mundo Quimera, que pena. Porém, mesmo assim, é um livro muito intrigante e atraente, leiam, não se arrependerão.

 Bem, é isso por hoje. Beijo e obrigada Anna por me incentivar na volta a escrever.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Comprando no Xing Ling

Retornando após séculos, esses tais que se passaram e não me vinha nada a mente, frases vagas, ou incompletas, nada que desse para fazer um texto decente que merecesse ao menos ser postado. Pois é, nada nada nada, isso me trás vagas lembranças de bloqueio criativo, quando tudo começa a dar errado na minha vida ocorre essa tal função que meu corpo adquire me fazendo ficar louca, mas enfim.
 Não sei se estou totalmente melhor fazendo textos que possam ao menos ser lidos sem dormir na metade, ou no inicio, não sei bem, mas pararei de enrolação e  vou começar com a postagem.


 Então, 2 meses atrás praticamente, resolvi testar fazer compras no Xing Ling (obrigada irmã pela expressão, rsrsrs). Fiz um teste pelo Aliexpress, um site super confiável onde se encontram várias lojas com preços bem baixos e interessantes. Muitos acham (incluo minha mãe) que comprar produtos da China é ter falta de qualidade e produtos genéricos, digo que não. Não todos ao menos, existe um lugar no próprio site para produtos de marcas conhecidas, produtos originais, que saem com o preço bem mais em conta do que no Brasil. Quer dizer, comprar no Cazaquistão sai mais barato que comprar no Brasil. Percebe-se pelos sites de revenda no Brasil, é um assalto.
 Mas continuando, como qualquer outro site existe o modo de pagamento por boleto ou crédito. O cartão tem que ser internacional ou não poderá fazer a compra. Até porque você não viajaria até a China e tentaria comprar por lá com o seu cartão que tem avisando "Only in Brazil". Ah sim, como identificar... Apenas leia, estará na frente "International".
 Após o pagamento confirmado, (que com o cartão é super rápido) saíra o seu código de rastreamento, mas terá que esperar de 3 a 10 dias para começar a rastreá-lo. Como comigo é sempre mais difícil, saiu no 12° dia, até mandei e-mail para a vendedora perguntando sobre a demora, e se o código estava certo, ela me respondeu super rápido e educadamente.
 A partir daí vai ser o seu sofrimento, porque quando finalmente acha que tudo vai ser rastreado lindamente, chega no Brasil e as coisas mudam um pouco, porque comigo não postaram mais nada, passei mais de 30 dias sem informação alguma, até que cansei de ficar olhando a cada segundo e depois de tantas pesquisas descobri um site que te avisa quando postam novidades sobre o rastreamento do seu produto, o muambator, manda e-mails para qualquer mudança que haja, é bem eficaz, agradeço a quem fez o site <3
 Enfim, para terminar a postagem, a minha encomenda chegou no dia 30/08, sendo que o pagamento foi confirmado dia 18/07. Estava totalmente lacrada, o que é algo muito bom, e o produto não tinha defeito algum, o que me poupou de mais dor de cabeça.

Velha demora após a chegada ao Brasil.



Obs: O site do Aliexpress pode ser totalmente traduzido para Português (Brasileiro), até a moeda. Do inicil ao final da compra terá tudo em português, mas, eu pessoalmente prefiro o original por achar facilmente os produtos. (Pt.Aliexpress)

Enfim, é isso aí, Beijo.

quarta-feira, 27 de março de 2013

Suspensórios

 Ola, Ola, Ola, para que em plena quinta de madrugada eu estou fazendo postagem? Tentando pelo menos, já que não faço a minima ideia de sobre o que eu falarei, ai ai complicado isso, rsrsrs, mas já que não estou fazendo nada de interessante, vou falar sobre meus novos amores, uma das minhas paixões, suspensórios, Oh! suspensórios.


 Esses tempos eu ando me apaixonando muito fácil por meus lindos acessórios e a cada dia tentando aumentar a quantidade deles em meu guarda-roupa, tentando porque dinheiro anda sumindo de mim, é incrível, e um que entrou sem querer na minha vida foi o suspensório, ano passado estava eu rodando como uma louca as vésperas, tipo algumas horinhas antes de começar o evento para onde eu iria, estava atrás de um suspensório, me vi louca porque não achei em lugar nenhum do qual eu queria, achei de outro tipo, mas eu só queria um vermelho, então fiquei revoltada e fui embora. Ao passar do tempo eu voltei a procura-lo e não achei, acho que ninguém queria me vender um mero suspensório vermelho, achei uma sacanagem, mas me apaixonei a primeira vista por um branco de bolinhas pretas, e foi por aí que começou a minha fascinação por suspensórios.

Mas enfim, ninguém quer saber minhas histórias, continuando, como vocês perceberam acho suspensório uma das coisas mais fofas do mundo, porque ele deixa qualquer pessoa mais fofa, não faço ideia se está na moda, e na verdade isso não me importa, porque uso o que gosto não o que me ditam, ou obrigam a usar,deixando a revolta de lado, rsrsrsrsrs. Eles completam lindamente o que você possa usar, se encaixam perfeitamente em suas roupas, mas fiquei surpresa como algumas pessoas não conhecem e não sabem usar, então, para caso você esteja lendo e não saiba.
 Os suspensórios tem fechos bem fáceis, eu conheço três tipos:
1 Fechos com botões, são bem estranhinhos, nunca usei.
2 Fechos que parecem com clipes ou grampos, são bem seguros.
3 Fechos com... Na verdade não lembro o nome, mas parecem uns ganchinhos, tipo fecho de colares.
 Eles prendem na parte da frente e atrás da calça/saia/short, fato, rsrsrs, enfim, não tenho mais nada a falar sobre eles, então, é isso aí.

Ah! Caso alguém ficou interessado, consegui achar esse ano o suspensório vermelho, comprei, ele é lindo e meu, weeeee. rsrsrsrsrsrsrrs.

Beijos.
 


segunda-feira, 25 de março de 2013

Macarrão ao Molho The Final Riot!

 Olá, hoje não é sábado, mas no sábado estava decidindo o que eu postaria hoje, até que fiquei sozinha, solitária, para sempre sozinha em casa. Pois é, foi muita solidão, rsrsrs, mas continuando, como vocês perceberam fiquei sozinha e não tinha nada para comer, e eu não sou aquilo que se nomeia "Chefe de Cozinha", sou mais perto de um desastre culinário, acontece de tudo um pouco quando estou na cozinha. Mas e daí? Estou falando muito e não desenrolo a postagem, claro que deu para perceber que será sobre comida, mais detalhadamente o meu almoço de três horas do sábado, rsrsrsrsrs. Como achei muito interessante que consegui pela PRIMEIRA vez fazer algo que não parecesse um vômito de bebê, resolvi expor ao mundo meus dons culinários.
 Então, vamos lá.

 Ingredientes:
- Macarrão
- Margarina/Óleo/Azeite de Oliva
- Queijo (qualquer um que você  tiver em casa. Porque não sei qual eu usei, rsrsrs)
- Cebola
- Alho
- Leite
- Creme de Leite
- Azeitonas
-Caldo de Galinha (usei metade de um tabletinho)
-DVD The Final Riot! (porque sem ele nada dará certo)

 Acredito que todos saibam fazer um macarrão né, por favor, não me envergonhem, rsrs. Enfim, vamos começar a preparar a melequeira, e ficamos todos felizes.

 Para começar você coloca o seu The Final Riot! para tocar e já começa a fazer tudo animada(o), assim você ficará mais feliz e viverá uma vida longa e feliz, rsrs. Daí você começa a por a margarina/óleo/azeite de oliva na panela, já aquecida, ou espera aquecer, sei lá, mas ele precisa esquentar, depois você coloca a cebola picada e espera ela dourar (isso é o que todos dizem, só que eu nunca vejo-a dourar, o truque é não deixar ficar preta e queimar), depois põe um pouquinho mínimo do alho. Quando estiverem dourados coloque o leite e o caldo de galinha de uma vez só, e é bom que o leite não esteja gelado, pois pode acontecer uma pequena explosão desagradável, rsrs, serio, mas enfim, após colocar o leite você mexe e começa a colocar o creme de leite, até ficar mais grosso o molho. Depois você põe o queijo e fica mexendo, porque o queijo vai começar a grudar tudo, e é bom ficar mexendo mesmo, daí você coloca as azeitonas cortadas, sem caroço, obvio, e fim, seu molho The Final Riot! está pronto. Agora é só por o macarrão em um prato e jogar o quanto quiser do molho em cima, todos engordando, rsrsrs, e é só comer, comer :)

Obs: eu não uso medidas, porque nunca uso mesmo, sai melhor sem medidas, medidas nunca dão certo. DIGA NÃO AS MEDIDAS, rsrsrs, mentira.

Como o meu ficou.


 Podem dizer ficou com uma cara ótima, rsrs, mas o gosto também ficou muito bom, ou eu tava com muita fome e tudo fica uma delicia quando estamos com fome, não sei né.
Mas por agora é só e até a próxima postagem.

Beijos.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Retorno

 Olá, olá, estava sentindo muito falta de passar por aqui. Mas eu estava muito ocupada esses tempos, tinha que terminar o curso e conseguir meu certificado, e não ser uma pessoa inútil que não consegue nem um certificado de conclusão de curso, rsrsrs, mas enfim, não foi pra falar disso que vim aqui agora, irei compartilhar umas novidades, e depois farei uma postagem interessante.
 Começando com as novidades.
Primeiro: Como estou de férias finalmente, vou estar por aqui muito mais vezes. Tentarei fazer mais ou menos, uma ou até duas postagens por dia, ou seja, vocês não ficarão sem ler nada por aqui, só se não quiserem claro.
Segundo: Vou tentar deixar a cara do blog melhorzinha, porque né, vamos combinar que ele está muito feio.
Terceiro: Não tenho mais nada pra falar, mas como sempre gosto de acrescentar um mascote para o blog, talvez invente um nome e um mascote.
 É isso aí.

Beijo.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Star Wars

   Olá pessoas. Fiquei muito tempo fora, porque estava impossível escrever qualquer coisa, mas finalmente consegui começar uma postagem de verdade, e nesses tempos ficava pensando sobre o que iria postar, e não resolvi nada, rsrsrs, então como, F-I-N-A-L-M-E-N-T-E terminei de assistir Star Wars, musiquinha de felicidade, tudo bem, parei. Mas é isso mesmo, demorei uns três meses para voltar a assistir depois que me decepcionar quando comecei a assistir na ordem errada. Com o decorrer da postagem você irá me entender, então continuem lendo.



   Continuando, Star Wars para nós que nascemos nos anos 90 tem a ordem cronológica certa, ou seja, 1,2,3,4,5 e 6. Mas se você como eu for assistir na ordem que geralmente é a correta, ficará revoltado, porque do quarto em diante são bem chatinhos e massantes, principalmente o quarto filme. Nossa, este é tão chato que me deu uma enorme vontade de dormir, desculpem-me nerds do mundo todo, mas, que filmezinho insuportável e irritante, sério. Porém o 5 e 6, são mais legaizinhos, quando os clones estão brigando não é algo tão falso como no quarto, e blablabla, além de que fiquei com um pouco menos de nojo da cara da Léia. E ri muito na parte mais famosa e marcante dessa série "LUKE, EU SOU SEU PAI" "NÃÃÃÃÃÃÃO", é muito engraçado. O que faz o fim ser chatinho e cheio de mimimi, pois o Darth Vader fica bom, se bem que nunca o vi como um vilão, pois não assisti na ordem cronológica certa, quem já assistiu talvez entenderá o meu lado. Então como estou falando tanto nesta tal ordem cronológica correta está é: 4,5,6,1,2 e 3. Porque, a história principal é contada nos três primeiros filmes,  os que vieram após, com melhores atores, efeitos especiais e entre outras coisas muito melhores, principalmente o Yoda, oh sim, o Yoda. São somente uma explicação de como tudo aconteceu, no caso, a história do Darth Vader, humanamente conhecido como Anakin Skywalker, tipo anjos da noite, começam os dois primeiros filmes e no terceiro é sobre o que e como aconteceu anteriormente, como em x-man que agora começa a lançar vários outros filmes sobre o histórico dos mesmos, e assim sucessivamente.
   Tudo o que ocorreu com ele desde que foi encontrado e como virou um cara super do mal, sendo que o próprio era um Guerreiro Jedi, os quais ele luta contra nos novos tempos.
   Mas, Enfim, esses dias, tudo bem, não esses dias, ano passado saiu uma matéria que mexeu em toda a comunidade nerd do mundo sobre a Lucasfilm ser vendido para a Disney e que está confirmado ou talvez sairá, não entendi bem até hoje, desculpem-me, que terá um novo filme "Star Wars VII", nas minha opinião não deveria existir, acho que o final foi bom e não tem para onde continuar sem deixar o filme ruim. E agora começa a sair algo sobre ter filmes sobre personagens separados, enfim, não entendi muito, mas todos os filmes da série que assisti valem a  pena, menos o quarto,, e assistam do quarto ao terceiro, sim, se você está lendo toda a postagem, estará me entendendo. Espero que quando assistirem gostem assim como eu gostei.
   Por hoje é isso.


Beijo.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Detona Ralph

Olá, essa semana, sendo um pouco mais especifica, nesta segunda-feira, após ver tantos comentários positivos e uma resenha, em particular, muito boa sobre Detona Ralph, resolvi assisti-lo e gostei muito. Tirando a parte de ser época de férias, muito mais criança no cinema e algumas pessoas até levam bebês, que são fofos, quando não estão chorando e me atrapalhando de ver o filme. Porém, nada contra eles, é só um ponto chato, mas continuando.


 Detona Ralph é um filme para para nostalgias gamers, principalmente a todas as pessoas que cresceram jogando pacman, ridiculamente apelidado como "come-come", mario bros., sonic, entre outros. Mas o foco principal é no personagem Ralph, um vilão que está cansado de ser mau, e de não ter o reconhecimento do seu trabalho.
Por isso esses mocinhos me irritam, os maus precisam dos seus créditos, o que seria das fases sem os vilões? Sim eu sei que existem jogos que não são feitos por fases , o que seria do pacman, sem os fantasminhas? O que será de Concerta Félix Jr., sem o Ralph? Esse é o ponto, eles não existiriam, ou não seriam bons o suficiente, sem fases para conquistar, sem chefões para destruir, só com princesas chatas sendo salvas a todo tempo, ou encontrar princesas em cada esquina, seria o objetivo do jogo. A raiz do problema é essa, a falta de consideração dos próprios personagens "bonzinhos". Mas o Ralph cansado de tamanha falta de consideração, resolve fazer algo para a mudança disto, assim saindo do seu próprio jogo, e entrando em vários outros atrás se algo que ele crê, poder ajuda-lo a ter seu devido reconhecimento ao meio do jogo após conseguir uma medalha. Até conseguir arruinar tudo, liberando um inimigo mortal de um dos jogos, assim acaba em um jogo muito parecido com o Mario Kart, só que de doces, onde conhece a Venellope uma menina louca, que da vários "panes" ao decorrer do jogo.
É um filme muito bom de animação, para meu primeiro filme de animação de 2013, entre 1 a 10, seria 11, então é isso, e corram para assistir no cinema mais próximo, não importa o tamanho da fila, vale a pena.

Trailer:




Beijos e até o próximo post.